• Administração de Imóveis

Pinheiros

O bairro mais disputado de São Paulo



A região de Pinheiros é considerada como o primeiro bairro de São Paulo, dizem que Pinheiros foi descoberta pelo os indígenas e logo após pelo os portugueses. Um grupo de indígena se instalou por vlta de 1560, as margens do rio Grande que hoje é conhecido como Rio Pinheiro, a área se estendiam do Butantã até o bairro que hoje é chamado do Água Branca. Em 1584, as terras passou a pertencer a Fernão Dias Paes.
A vila que passou a ser conhecida como Aldeia dos Pinheiros, ficava isolada da Vila Paulistana. O desenvolvimento econômico e populacional do bairro posteriormente foi causado pelo sítio do Capão, uma propriedade altamente produtiva que se localizava nas terras da sesmaria, principalmente quando esta se encontrava sob-comando de Fernão Dias Paes Leme, o “Caçador de Esmeraldas”.

Solicitada desde 1632, uma ponte de madeira sobre o rio foi construída apenas no século XVIII, ligando a região às vilas de Parnaíba, Cotia, Itu, e Sorocaba A ponte foi várias vezes destruída, principalmente por enchentes, cabendo aos moradores das vilas vizinhas arcar com as despesas de reconstrução. Somente em 1865 foi erguida uma ponte de metal. Além da ponte, os moradores custeavam a manutenção do caminho que levava ao centro da vila de Piratininga, passando pela atual rua Butantã, Largo de Pinheiros, rua Cardeal Arcoverde e rua da Consolação. Em 1786 iniciou-se a construção de estrada ligando Pinheiros aos campos de Santo Amaro, o que hoje corresponde à Av. Faria Lima. Posteriormente, a estrada foi estendida até a Lapa, e este novo trecho recebeu o nome de Estrada de Boiada, hoje Av. Diógenes Ribeiro de Lima. A região foi pouco habitada ao longo do século XIX, chegando ao seu final com 200 casas. A primeira padaria foi inaugurada em 1890 e a segunda em 1900. Havia um pouso para tropeiros e a economia era baseada em agricultura, carvoarias e, devido à excelente, argilas, olarias. Nestas eram fabricados tijolos e telhas que aos poucos foram substituindo o pau a pique nas construções de toda a cidade de São Paulo. A linha de bonde ligando Pinheiros ao centro da cidade foi iniciada em 1904 e, passando.

O desenvolvimento econômico e urbanização iniciou-se na região apenas na época do ciclo do café no Brasil, principalmente em São Paulo, e foi constituído com o dinheiro proveniente das exportações do produto. Ao final do século XIX a região recebeu um bom número de imigrantes italianos e, posteriormente, já no século XX, de japoneses. O bairro começou a se firmar como uma região de classe média, com grande presença de comércios e indústrias.

Pinheiros se tornou um bairro Nobre da cidade de São Paulo, localizado no distrito de Pinheiros, na zona Oeste de São Paulo que fica às margens do Rio Pinheiros.
O bairro tem duas estações do Metrô da Linha Amarela, A Faria Lima e a Pinheiros. A linha amarela vai até a estação da Luz até a estação Butantã.
Pinheiros é um dos bairros mais sofisticados de São Paulo, com uma área comercial grande e diversificada, e pode oferecer uma intensa vida cultural com diversas bibliotecas, livrarias, cultura, bares, casa noturnas e feiras de artesanatos. A Praça Benedito Calisto, com sua feira de antiguidade e artesanato aos Sábados, já no Alto de Pinheiros a Praça Pôr do Sol garante um ótimo passeio no fim de tarde, o bairro bem arborizado oferece muitas Praças para descanso e há quem diz que o charme do bairro estejam em suas praças que aconchegam todos.
Este bairro também é um dos mais desejados no mercado imobiliário da capital Paulista, afinal quem é que não quer ter um imóvel em Pinheiros, não é mesmo?
Os imóveis neste bairro tem uma alta taxa de ocupação devido à grande demanda existente nesta região, tanto para venda quanto para o aluguel de apartamentos, casas e escritórios.

Alguns imóveis em Pinheiros que separamos para você